sexta-feira, 18 de abril de 2008

Água mole em Pedra dura tanto Bate até que Fura

Os anos me fizeram mal, mais do que deviam.
Não ligo tanto assim para envelhecer, por perder algumas coisas, por não ver mais a mesma graça em assistir Pokémon.
Mas eu não era sensível assim.
Não chorava em filme, não levava susto nenhum. Não gritava por nada.
Fria. Fria. Fria. Mas sabia rir.
O gelo derreteu sem minha permissão!
E eu lá gostava de ser gelada como era?
Quase não tinha dó da dor alheia.
Hoje não dá nem para me imaginar insensível assim.
Mas foi bom enquanto durou para manter a minha cabeça no lugar.
As correntes do tempo vieram constantes bater na minha rocha até erodi-la toda.
E agora sou uma tola que se emociona assistindo "O Despertar de uma Paixão" ou "Lilo e Stitch", vendo lagriminhas brilhar na borda do olho, suicidas.
Para quê tanto, meu Deus?

2 comentários:

Kyamel disse...

Srsrsrss..............
Muito boa Nique!!!!
Mas não pense que você mudou muito, pois isso não é verdade.
Existe um ditado que diz: Os adultos em geral; não passam de crianças grandes.
Acho que isso é verdade. Nunca deixamos de ser o que éramos antes, mas apenas construimos em volta de nós um fortaleza impenetravel.
Cada um a seu modo.
Uns tornan-se durões e não permitem que sentimentos os "dominem".
Já outros, permitem-se sentir e se emocionar.
Mas ambas as formas, no fundo são muralhas que nos protegem contra ser o que nós mesmos não aceitamos nos outros...e por tanto não queremos ver em nós!!!
Nossa já filosofei demais!!!
Bjosssssss...........e um ÓTIMO FERIADO!!!!!

Chris disse...

Ai, monique, ser sensível não é ruim~ pode ser mais difícil ou até mais doloroso que ser um dos "não tô nem ligando", mas eu acho que é muito melhor ver o mundo do ponto de vista de dentro. Você enxerga muito mais fundo, e muito mais em geral... não que eu seja uma pessoa muito sensível, (também não sou cruel, vá lá.. xDD) mas admiro muito quem consegue chorar vendo lilo e stitch~ é muito bom estar tão conectada com suas emoções e sentimentos, parabéns~ :}

Reader