sábado, 6 de agosto de 2011

Caos Criativo IX - Você é o que você lê

Eu não sei escrever sem ler. Já descobri na leitura soluções para meus problemas narrativos e até de roteiro!
Uma vez, no meio de um writer's block por não saber como fazer para resolver o envenamento sofrido pela minha heroína Syung Li, li um artigo em um número da revista Despertai! e encontrei a forma perfeita de solucionar o problema e voltei a escrever animadamente!
Por isso que sempre digo a meus alunos: quem lê, escreve. E quem lê de tudo, escreve ainda mais e melhor!
Quando estou escrevendo algo, a leitura de algum título tem de imprescindivelmente ocorrer paralela. É só eu parar de ler por dois ou três dias que já não encontro forma de prosseguir tecendo meu texto. E nem é writer's block, não, é falta de ferramentas, falta de fluência, de traquejo.
E veja bem que isso que afirmo aqui não é novidade nenhuma, é provado pela linguística e propagado por qualquer professor orientador de TCC.
Sem leitura, não se produz.
Por isso, esse é meu conselho de ouro para qualquer um que deseja escrever e ter prazer nisso.
O mais interessante é que depois de um tempo, você percebe quanto suas leituras impactam em sua escrita e usa isso a seu favor.
Por exemplo, se leio José de Alencar ("Lucíola" é sempre uma fonte abundante de inspiração), consigo produzir um texto muito parecido com o que ele produzia no século XIX. Assim, quando quero criar um tipo específico de texto, sei exatamente que tipo de leitura fazer, de modo que eu redija algo exatamente dentro do estilo que escolhi.
E diga lá se tem coisa mais gostosa que pegar um livro em uma tarde preguiçosa e caminhar, página por página, pelo percurso que ele te oferece? O que é mais confortável que revisitar aquela história que te encantou uma vez e sempre guarda algo de novo para você em sua próxima leitura? Ler um livro novo é conhecer novos lugares, pessoas e sensações e reler uma história favorita é matar a saudades de velhos amigos.
Quem aprecia a arte de escrever impreterivelmente tem de apreciar a leitura.

3 comentários:

Kyamel disse...

Oiee.......
Concordo plenamente com você!!!
Uma coisa que me inspira também são filmes. Amo assistir filmes e ler livros de filmes.
Bjossssss........
\\mel//

Starlight Colors disse...

Não poderia concordar mais, sinto que detesto pessoas que dizem gostar de escrever, mas não de ler. Sempre me pergunto 'mas como?'
Com a leitura, você cresce na escrita, e de fato, ao escrever algo no clima do que se está lendo, é muito mais fácil fazer a história fluir...
É como eu sempre digo, ler um livro é entrar e conhecer um novo mundo, é mágico! E afinal de contas, a vida é por demais enfadonha para nos mantermos afastados da leitura não? Um lugar que nos transporta e nos faz viver aventuras que nunca poderíamos viver fora deles ^^
Por isso, digo novamente, concordo, concordo e concordo!
Quem gosta de escrever, tem de impreterivelmente gostar de ler ^^

{Bazar Obsessão Vintage} disse...

Olá, vi que você, assim como eu, é louca por oncinha!
Estou vendendo em meu bazar, vários modelos únicos de all star, dentre eles de oncinha!
Aqui fica o convite para você dar uma passadinha lá ;D

Beijocas!

bazarobsessaovintage.blogspot.com

Reader