segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Beautiful World


Senti duas coisas sobre a iniciativa de Hideaki Anno em trazer Evangelion à tona quando há um ano atrás li sobre isso: a primeira sensação, na época, foi suspeita misturada com implicância.
Estava com um pouco de raiva da série na época, tinha o final do filme recente.
Nunca disse que não gostei, concluí algumas coisas, refleti sobre um pouco de tudo. Entretanto, a revolta me dominou diante de tantas coisas desconexas. Aquele fim terrível, o Terceiro Impacto e um começo não muito diferente daquilo que a NERV queria abolir. Interessante e ao mesmo tempo odioso. Achei que perdi meu tempo.
Julguei Evangelion uma série extremamente masculina. A maior parte da problemática da série mostra questões que afligem os homens mais intensamente e também como um rapaz lida com elas. Nunca tinha observado nada igual. Tudo é muito humano, chega a ser tão humano que desagrada, aquela coisa às vezes injusta, às vezes impulsiva, às vezes impura que vive em cada um de nós.
Acho que foi no site da Herói que li sobre os novos quatro filmes que intentam fazer uma reconstrução, uma releitura, de toda a série, até o episódio 24, e que se diz em busca de clarear mistérios e inclusive modificar o final, que o próprio Hideaki Anno desgosta.
Li e deixei para lá, esqueci.
De repente, há alguns dias atrás, me deparei com uma capa da Rolling Stone japonesa. Percebi então que minha birra por Evangelion foi amainando ao passo que os novos filmes iam progredindo na produção.
E eu gostei do que vi... me interessei! Esta foi a segunda sensação.
Meses atrás, li que quem cantaria os temas para o primeiro filme da tetralogia seria Utada Hikaru, e a voz dela, conhecida e celebrada por mim, me obrigou a baixar o single para ouvir. Ouvi algumas vezes, achei muito bom, mas o que me fez pegar gosto mesmo foi o clipe, que mostrava cenas do filme - a primorosa animação espantosa (com qualidade digital, enfim) usada em vista de quem assistiu aquelas imagens um pouco apagadas de 1994.

O vídeo acima não é o clipe completo, porque este ainda não foi divulgado nesse estado, mas uma boa prévia do que há de vir.

Na primeira vez que assisti, prestei atenção em um ou outro detalhe, as mudanças sutis e a alta qualidade da animação. E enfim, prestei atenção na música cantada pela voz maravilhosa da Hikki que há tempos não ouvia e tinha saudades.
Resultado: me encontro cheia de expectativa sobre o "Rebuild of Evangelion" (nome da tetralogia).
O que espero do primeiro filme?
Não tenho certeza sobre a quantidade de roteiro original que será abordado nele. Estou ainda assim curiosa para saber as novas conclusões que poderão ser tiradas e novos detalhes apresentados. Acho que o universo de Evangelion é atraente e inteligente, mesmo que eu não concorde com uma porção de coisas vistas e ouvidas na série que revolucionou indubitavelmente a animação e o modo de encará-la.
Se existe uma nova forma de vê-la, não quero perder! Assim como o Terceiro Impacto, acredito que uma terceira sensação me visitará, mas esta, só depois de prestigiar o filme...

3 comentários:

Rodney Hanter Porlok disse...

E beleza ein... fica em casa o dia todo... postando no blog... =P
Affe, como você consegue ver diferença em um video de qualidade tão patética? O que adianta animação digital e ver um video pelo YouTube... ¬¬... revoltante...
Mas tudo bem... ao menos sua Otakisse serviu para algo, me deixar informado disso, que eu nem sabia que estava acontecendo...
EVANGELION RULES...
Só pra saber, filtrei (Hehe, ontem teve aula de filtragem, então, ahn? ahn?) tudo que tinha sobre suas opiniões do Eva e só fiquei com as informações... O video ainda tá carregando mais já vi metade... e meu deus, ainda não vi aquele outro OVA que tem... que coisa, acho que vou ver hoje... xD
Enfim... lalala
Obrigado pela informação... ^_^

Robson disse...

você como sempre escrevendo bonito e certinho .. ^^ ...interessante de ler tbm ... porém falar sobre evangelion ¬¬ ...pare, quase ninguém conhece esse anime =O ... e nem tem muito o que esperar, pois com a tecnologia digital, ele vão acabar fazendo igual Matrix, acaba com toda a história para um momento de luta Excepcional ( eahiuehiuaehea e é isso que todos querem ver) ... pq com certeza...o que mais falta em Evangelion é ação... aeiuaeuaehaee..a história todo mundo fico boiando mesmo...então não adianta criar muitas esperanças não viu... mas eu tenho um palpite pro final desse filme hein ^^ ... é certeza que o Ichigo casa com a Sakura ... ele nasceram pra ficar juntos.. :P haeiuaehiuaeiuaehaea

bozinho tópico... (mas ainda falta algo mais animado..rsrsr)

abraços monique xD

CĿεأðأαηє ✭ disse...

Ei ei
realmente Evangelion não é meu anime preferido...
mas também não li nem assisti...quem sabe um dia.
A minha irmã viu e disse que eu não iria gostar já que eu só gosto de animes romanticos e fofinhos...
e ouvi dizer que é um pouco sangrento...mas sei lá. Nada contra animes sangrentos, desse tipo o unico que eu gosto é Dragon Ball...mas olha que Inu Yasha tambem tem muito sangue e eu gosto bastante...
Mas, em todo caso, refiro Love Hina...
Pronto pronto comentei =P
bjos bjos

Reader